sexta-feira, 23 de junho de 2017

Texto reflexivo









Texto belo para pensarmos no ato de nos doarmos, ajudar sem nada esperar. Neste mundo tão corrido e de tanto egoísmo, esquecemos desse sentimento tão puro e verdadeiro, a doação, o compartilhar seja o que for.....seu sorriso, abraço, ajuda financeira, alimento, conhecimento. Qualquer troca é válida se for verdadeira, do coração.


Fonte http://www.meusonhonaotemfim.org.br/reflexoes_view.asp?editid1=256


Ele quase não viu a senhora, com o carro parado no acostamento. Chovia forte e já era noite. Mas percebeu que ela precisava de ajuda. Assim parou seu carro e se aproximou.  

 O carro dela cheirava a tinta, de tão novinho. Mesmo com o sorriso que ele estampava na face, ela ficou preocupada. Ninguém tinha parado para ajudar durante a última hora. Ele iria aprontar alguma?


 Ele não parecia seguro, parecia pobre e faminto. Ele pode ver que ela estava com muito medo e disse:


 Eu estou aqui para ajudar madame, não se preocupe. Por que não espera no carro onde está quentinho? A propósito, meu nome é Renato.


 Bem, tudo que ela tinha era um pneu furado, mas para uma senhora de idade avançada era ruim o bastante.

Renato abaixou-se, colocou o macaco e levantou o carro. Ele já estava trocando o pneu. Mas ficou um tanto sujo e ainda feriu uma das mãos.

Enquanto apertava as porcas da roda ela abriu a janela e começou a conversar com ele. Contou que era de São Paulo e que só estava de passagem por ali e que não sabia como agradecer pela preciosa ajuda

Renato apenas sorriu enquanto se levantava.
Ela perguntou quanto devia. Qualquer quantia teria sido muito pouco para ela. Já tinha imaginado todos as terríveis coisas que poderiam ter acontecido se Renato não tivesse parado e ajudado.

Renato não pensava em dinheiro, aquilo não era um trabalho para ele. Gostava de ajudar quando alguém tinha necessidade e Deus já lhe havia ajudado bastante. Este era seu modo de viver e nunca lhe ocorreu agir de outro modo.

E respondeu: Se realmente quiser me pagar, da próxima vez que encontrar alguém que precise de ajuda, dê para aquela pessoa a ajuda de que ela precisar. E acrescentou: e lembre-se de mim.

Esperou até que ela saísse com o carro e também se foi.

 Tinha sido um dia frio e deprimente, mas ele se sentia bem, indo para casa, desaparecendo no crepúsculo

Alguns quilômetros abaixo a senhora parou seu carro num pequeno restaurante. Entrou para comer alguma coisa.

Era um restaurante muito simples, e tudo ali era estranho para ela. A garçonete veio até ela e trouxe-lhe uma toalha limpa para que pudesse esfregar e secar o cabelo molhado e lhe dirigiu um doce sorriso, um sorriso que mesmo os pés doendo por um dia inteiro de trabalho não pode
apagar.

A senhora notou que a garçonete estava com quase oito meses de gravidez, mas ela não deixou a tensão e as dores mudarem a sua atitude.

A senhora ficou curiosa em saber como alguém que tinha tão pouco, podia tratar tão bem a um estranho. Então se lembrou de Renato.

Depois que terminou a sua refeição, enquanto a garçonete buscava troco para a nota de cem reais, a senhora se retirou.

 Já tinha partido quando a garçonete voltou. Ela queria saber onde a senhora poderia ter ido quando notou algo escrito no guardanapo, sob o qual tinha mais 4 notas de cem reais.

Existiam lágrimas em seus olhos quando leu o que a senhora escreveu. Dizia: "você não me deve nada, eu já tenho o bastante". Alguém me ajudou hoje e da mesma forma estou lhe ajudando.

Se você realmente quiser me reembolsar por este dinheiro, não deixe este círculo de amor terminar com você, ajude alguém.


Bem, haviam mesas para limpar, açucareiros para encher, e pessoas para servir, e a garçonete voltou ao trabalho

Aquela noite, quando foi para casa cansada e deitou-se na cama, seu marido já estava dormindo e ela ficou pensando no dinheiro e no que a senhora deixou escrito. 

 Como pôde aquela senhora saber o quanto ela e o marido precisavam disto? Com o bebê que estava para nascer no próximo mês, como estava difícil!


Ficou pensando na bênção que havia recebido, deu um grande sorriso, agradeceu a Deus e virou-se para o preocupado marido que dormia ao lado, deu-lhe um beijo macio e sussurrou:
Tudo ficará bem; eu te amo Renato!

A vida é assim, um espelho. Tudo o que você transmite volta para você, e geralmente em dobro.


"Deus não escolhe os capacitados, capacita os escolhidos."

quarta-feira, 21 de junho de 2017

O que é o PROERD?



Resultado de imagem para proerd




 Semana passada foi a formatura da minha filha no PROERD. O curso é dado as crianças dos 5º anos.
Achei muito bom essa abordagem .  O curso é dado por um policial militar fardado, e ele aborda junto com as crianças assuntos como drogas, violência, bullying, com uma linguagem direcionada a eles as informações chegam diretamente. Hoje em dia informação é tudo, drogas, violência etc,,estão chegando cada vez mais cedo às famílias. Eles tem um livrinho dado no programa, informações, exercícios, análises de situações.
É um trabalho muito bonito e de grande valor. O policial Emerson que foi o professor tem muito carisma perante as crianças, o que facilita seu contato com elas. Hoje em dia elas precisam saber das coisas para poder se defender da melhor forma possível de futuras abordagens.
Um trabalho que deveria ser estendido a todas as escolas. Uma iniciativa brilhante, que deve ser  aplaudida de pé, um trabalho de muito valor com nossas crianças






Abaixo todas as informações para você saber mais sobre o PROERD

 O Programa Educacional de Resistência às Drogas - PROERD é a adaptação brasileira do
programa norte-americano Drug Abuse Resistence Education - D.A.R.E., surgido em 1983. No Brasil, o programa foi implantado em 1992, pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, e hoje é adotado em todo o Brasil.
 
O PROERD é o PROgrama Educacional de Resistência ás Drogas e á violência, é um projeto onde os policiais militares, fardados e devidamente treinados e com material próprio (livro do estudante, camiseta e diploma) que desenvolvem um curso de prevenção as drogas e a violência na sala de aula de sua escola.
Para que sua  escola participe é necessária que seja firmado um convênio que será explicado logo a seguir.
Para ter aulas do PROERD
ESCOLA PÚBLICA
Se for Escola Municipal: Convênio entre Prefeitura (Secretaria de Educação) e Governo Estadual (Secretaria Estadual de Segurança Pública)
Se for Escola Estadual: Convênio entre Secretaria Estadual de Educação e Secretaria Estadual de Segurança Pública)

ESCOLA PARTICULAR
Convênio entre a escola particular e Governo Estadual (Secretaria de Segurança Pública)

CONVÊNIO
Para que ele aconteça ligue ou converse com a Coordenação Estadual do PROERD em seu Estado

         O Programa possui como material didático o Livro do Estudante, o Livro dos Pais e o Manual do Instrutor, auxiliando aos respectivos alunos e Policiais PROERD no desenvolvimento das lições.

          O Programa consiste em uma ação conjunta entre as Policias Militares, Escolas e Famílias, no sentido de prevenir o abuso de drogas e a violência entre estudantes, bem como ajudá-los a reconhecer as pressões e as influências diárias que contribuem ao uso de drogas e à prática de violência, desenvolvendo habilidades para resisti-las.

          O PROERD é mais um fator de proteção desenvolvido pela Polícia Militar para a valorização da vida, que imbuía de sua missão institucional, vem de uma sociedade mais saudável e feliz.

Histórico do PROERD


 O PROERD é a adaptação para o Brasil do Programa Educacional Americano:
DARE 
         (“Drug Abuse Resistance Education”).
  Sigla, registrada nos Estados Unidos da América do Norte.


Em Janeiro de 1983, o Chefe de Polícia Daryl F. Gates, do Departamento de Polícia de Los Angeles (L.A.P.D.), reuniu-se como Dr. Harry Handler, Superintendente do Distrito Escolar Unificado de Los Angeles (L.A.U.S.D.) para discutir sobre como parar o ciclo gerador do abuso de drogas, das condutas criminosas e das prisões relacionadas ao abuso de drogas.
Os policiais do L.A.P.D. estavam lidando com cidadãos infratores cujos pais e avós haviam sido julgados na esfera criminal, repetidas vezes, devido ao abuso de drogas.
Como resultado daquela reunião, foi designada uma força tarefa, composta por integrantes do L.A.P.D. e do L.A.U.S.D., para desenvolver um programa de prevenção ao abuso de drogas destinado às crianças do Ensino Fundamental.
A força tarefa estudou muitos programas de prevenção já existentes antes de criar oDrug Abuse Resistance Education (D.A.R.E.). Ficou estabelecido que os currículos devessem ser ministrados policiais especialmente selecionados e treinados. Os membros da força tarefa chegaram à conclusão de que os alunos perceberiam os policiais como os mais confiáveis para aplicar o programa devido à experiência deles em lidar com as consequências advindas do abuso de drogas.
O LAPD identificou o programa de prevenção como uma extensão natural das ações de polícia comunitária. Foram selecionados dez policiais para participar de um treinamento de cinco semanas, que os capacitou para aplicar as lições do D.A.R.E. em 50 escolas do L.A.U.S.D..
Ao contrário dos outros esforços preventivos existentes à época, o Programa D.A.R.E. não tinha suporte financeiro dentro do orçamento do Departamento de Polícia de Los Angeles. Assim, em 1984, sob a liderança do Sub-Chefe de Polícia aposentado, Glenn Levant, foi criado o Conselho Consultivo de Prevenção Criminal (C.P.A.C.) para financiar o Programa D.A.R.E. e outras atividades relacionadas aos esforços preventivos do L.A.P.D..
Espalharam-se as notícias sobre o Programa, o que resultou em grande volume de solicitações de outras comunidades (fora de Los Angeles), para implementação de programas de prevenção consistentes como o D.A.R.E.. Para atender à crescente demanda. o C.P.A.C. expandiu-se e tornou-se DARE California. O DARE California financiou a implantação do programa em todo o Estado, oferecendo treinamento aos policiais, lições do currículo, materiais suplementares e orientações técnicas.
Com o crescimento do sucesso e da fama do Programa D.A.R.E., a demanda por implantação do programa cresceu em todos os Estados Unidos e também pelo mundo. Nesse sentido foi criada, em 1989, a ONG intitulada DARE America. Mais de 68.000 policiais foram capacitados para aplicar as lições do D.A.R.E., desde o lançamento do programa pelo pioneirismo dos "Original Ten" (Dez primeiros Instrutores D.A.R.E./Proerd).

 História do Leão Daren

De onde vem o adorável e corajoso mascote, o Leão Daren? Esta pergunta está deixando inquieta toda a nação.
O DARE América iniciou uma pesquisa em todo o país para identificar qual seria o próximo porta-voz do DARE. Procuramos em todos os lugares à procura de alguém (a figura de um mascote) que se posicionasse maneira enérgica, corajosa, amável e que não tinha medo de tomar posição contra as drogas e a violência.
Alguém, então, sugeriu o mascote Daren por ser considerado o mais apropriado para o trabalho. Ele foi entrevistado pela direção do DARE América, os quais foram unânimes: o Daren era o perfeito Porta-Voz-Leão!!
 Daren sempre disse "NÃO" às drogas e tem ajudado as crianças do mundo todo a tomar a mesma decisão.
Se alguém tentou induzir você a fazer más escolhas, o Daren estará lá para fornecer a força e a coragem necessária para você fazer a escolha certa: para resistir a drogas e violência!
 Assim, o Daren foi considerado o melhor Porta-Voz-Leão que qualquer um poderia esperar.
 No DARE América nós acreditamos que todos os jovens poderão e irão viver uma vida livre das drogas, tal como o Daren, com a mesma coragem de dizer não às drogas, não às gangues e não à violência.

Fonte  www.proerdbrasil.com.br/oproerd/oprograma.htm

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Filme Meus 15 anos - Larissa Manoela



Resultado de imagem

Sinopse - Aos 14 anos, Bia descobre que vai ganhar uma grande festa de 15 anos. O problema é que a garota sonhadora e apaixonada por música não tem muitos amigos para convidar ao evento, por ser pouco popular na escola. Ela conta com a ajuda do único grande amigo, Bruno, e do pai, Edu, para consertar a situação.


Por isso ele não queria a festa, mas ao final ela concluir que precisava daquela festa, pois ali ela desabrochou, mostrou quem era de verdade, se libertou e assim  todos puderam conhecer seus gostos, talentos enfim o brilho que lá no fundo ela tinha.





O filme  aborda o cotidiano dos adolescentes, e  remete nós pais a nossa própria adolescência.

Quem de nós não irá se identificar  com ser  o popular ou não, pertencer a grupinhos, a julgamentos pela aparência, ser nerd ou  ser da turminha dos fundos e por aí vai,,,,,viajou lá na sua época não é mesmo.

Esses assuntos: amizades, timidez, julgamentos, bullying, aceitação, inserção nos grupos, popularidade, amores são listados no decorrer de todo o filme, e é muito legal pois acontece de verdade, e muitas vezes já está acontecendo com nossos filhos. E o filme fala a linguagem deles, então a mensagem vai direto, na mosca, no alvo.

Devemos estar bem atentos a essa fase deles, e os pré adolescentes estão incluso também, pois tudo isso começa cedo, bem sabemos disso.

Eles estão numa  fase de identificação, onde buscam ser aceitos em grupos de amigos, pelos pais etc,,,

Estão sempre em busca da aceitação , e nessa ânsia muitas vezes eles são atropelados por eles mesmos. Pois muitos cedem a essa pressão e mudam seu jeito de ser  para ser aceito, ou se isolam por defesa e sofrimento por não estarem inseridos da forma que queriam.

Eu lembro que era muito tímida, e falava pouco,,,,e muitas vezes era deixada de lado, não fazia parte, mas sofria com isso. Pois não conseguia mostrar como era de verdade.

A lição do filme é que não precisa mudar para ser aceito. Primeiramente aceite quem você é. seu jeito, suas limitações, seus gostos. Cada ser é único, mas todos tem seu brilho próprio, não precisa ser igual a todos para encontrar seu lugar.

Foi super legal ver o filme com a Carol, conversamos bastante sobre o assunto, ela perguntou como era na  minha época, deu alguns exemplos de coisas que já ocorrem na escola e assim vamos fortificando nossa relação e cumplicidade.

A música do filme retrata bem isso











sexta-feira, 16 de junho de 2017

Receita de crumble de banana









 Fiz essa receita aqui em casa num almoço para amigos, e foi aprovada. Simples, rápido, gosotoso e saudável esse crumble. Experimente você também.

Crumble de banana

100gr de farinha de amêndoas
100gr de farinha de castanha de caju
100gr de açúcar mascavo
1 pouco de farinha de trigo( a gosto e opcional)
100 gr de manteiga gelada cortada em cubos.

Misture tudo com as mãos até formar uma farofinha.

Na tabuleiro untado coloquei 3 bananas cortadas, polvilhei com canela e um pouco de agave por cima.
Coloque a farofinha já pronta por cima das bananas.
Leve ao forno pré aquecido por 30 minutos ou até dourar a farofa.

Na foto  parece até que é carne moída,,,rsss mas nã é....
Fica uma sobremesa bem gostosa, além de super saudável.












quarta-feira, 14 de junho de 2017

Meditação para iniciante









Aprender a meditar



Aqui estão algumas dicas para quem quer aprender a meditar. Estou buscando um pouco isso, me desestressar, aprender a relaxar e a respirar de forma certa e assim trazer um equilíbrio á minha rotina. Vivemos num mundo louco, numa corrida danada e quero aprender a manter meu equilíbrio. Confesso que não acha nada fácil ficar parada , concentrada, mas tudo é questão de tempo e vontade de aprender não é mesmo? Então lá vai algumas dicas. Espero que gostem! E aí alguém já pratica meditação? Acha fácil? Tem alguma dica?




MEDITAÇÃO PARA INICIANTE

Se está pensando em incluir a prática na rotina, apresentamos 8 dicas simples para ajudar você a começar!
1.      1- O Local
Não é sempre que estamos em uma praia ou de frente para a natureza, mas isso não quer dizer que não pode meditar. Você pode escolher um ambiente mais calmo que possa encontrar ou aquele que você ache confortável. “Para deixar o espaço ainda mais gostoso para este momento tão seu, você pode colocar alguma planta, uma vela – que te proporcionará uma luz relaxante – e, se quiser, incensos também são bem-vindos”, sugere o terapeuta holístico Bruno Gimenez.


2.      2- A Posição
Sabe as pernas cruzadas e as mãos em frente ao peito? Ela pode ser usada para meditar, mas saiba que cada um pode meditar como quiser, desde que seja uma posição confortável e que você consiga se concentrar -  e não dormir, ok? “O ideal é estar sentado e a dica é usar uma almofada firme para que te dê a sensação de estabilidade”, indica a terapeuta holística Patricia Candido.


3.       3-O Silêncio
Ele não é completamente necessário, porém, para quem está começando, um ambiente sem interrupções sonoras pode ajudar. Mas vale destacar uma dica: como estamos constantemente conectados, antes de começar a meditar, é bacana deixar de lado o computador, o celular e outros aparelhos eletrônicos e, aos poucos, desligar-se do meio externo, mesmo que por alguns minutos.


4.      4- A Respiração
O ato é involuntário e pouco exige da nossa atenção, mas para meditação, focar no ar que entra e sai é uma poderosa forma de acelerar o estado meditativo e a concentração. “O processo de meditação é também um processo de você criar uma percepção da sua respiração, é sentir o ar entrando e saindo dos seus pulmões, por isso um dos principais pontos é respirar de forma lenta”, destaca Bruno. Outro ponto positivo desse passo é que também desacelera o coração e possibilita a dissipação de tensões enquanto conduz a mente ao estado meditativo.


5.     5-  Os Exercícios
Quem dispersa muito rápido, pode se beneficiar com a meditação guiada, que traz direção à prática. Já os mantras são sons sagrados da tradição budista que, de acordo com os terapeutas, podem atrair energia de acordo com cada som, como alívio, calma, alegria, amparo, ânimo. “Não custa tentar – afinal, o mínimo que a prática poderá fazer é deixa-lo mais tranquilo e concentrado. E criar seu próprio mantra, uma frase que te incentive em momentos de dificuldades, também, são super bem-vindos!”, indica Patricia.


6.      6- A Mente Calma
Os passos acima são recomendados pois ajudam na principal vantagem da meditação: tranquilizar os pensamentos. Quando você consegue nesse patamar, através da prática regular, você pode tentar em qualquer lugar ou situação! “Entrar em um estado mental meditativo hoje em dia é uma das grandes maravilhas e um dos maiores desafios também, pois, com tantos estímulos externos, acabamos nos esquecendo da possibilidade de nos desligar e entrar em contato com nosso mundo interior”, comenta Bruno. Porém, se você não consegue se concentrar e sua mente vai até os problemas em casa ou do trabalho, saiba que é normal, principalmente para quem está começando. “Porém sempre que esses pensamentos virem à tona, retorne a atenção para o seu propósito e foque naquele momento, pois os seus problemas estarão lá quando você terminar e está muito mais relaxado para poder resolvê-los. E quanto mais você fizer esse exercício mais fácil será da próxima vez”, completa Bruno.


7.       7-O Tempo
Não vá pensando em ficar meia hora meditando logo na primeira vez. Se você ficou 1 minuto, mas conseguiu manter-se  em um estado de aquietamento, valorize. O mais importante é conseguir reservar esse momento para você, pelo menos uma vez ao dia. Quando estiver mais confortável e confiante, você pode aumentar os minutos e prolongar a prática. Para ajudar, marque um temporizador ou um aplicativo que avise a hora de retornar.


8.     8-  A Auto-Análise
Após completar o tempo de meditação, não se levante de imediato. Abra os olhos, perceba o local aonde está, analise a sua prática e assimile o que ela proporcionou. “Mexa braços e pernas devagar, alongue-se e aos poucos vá voltando a sua rotina”, completa Patricia. Você saberá se a prática foi boa conforme a sua disposição ao retornar. Se estiver mais tranquilo e concentrado, o exercício foi um bom instrumento de bem estar e auto-conhecimento.


 Fonte Revista O Poder da Meditação



segunda-feira, 12 de junho de 2017

Receita de Bolo de Milfolhas de Brigadeiro


E nesse dia dos namorados que tal adoçar seu encontro com essa receita maravilhosa de bolo  de milfolhas de brigadeiro? Não tem como resistir. Desejo a todos um dia dos namorados  bem especial, cheio de alegrias, romance e muito amor.




 



sexta-feira, 9 de junho de 2017

Foco na alimentação 1










Achei essa reportagem bem interessante, pois mostra os alimentos e os hábitos que ajudam a aumentar a concentração e o bem estar. tudo que precisamos não é mesmo? Vivemos numa corrida diária, sem tempo para  nada, e esquecemos de estar bem, ter energia, relaxar.
Então aqui  no blog terá uma série de informações sobre a arte de meditar. Estou procurando a aprender um pouco sobre,,,sou muito agitada, quero fazer mil coisas ao mesmo tempo,,,quem aí se identifica? Só que chega um momento que cansamos e passamos a não dar conta das coisas, corpo começa a falhar, então é preciso parar e reaprender  a viver, e meditar, aprender a respirar melhor  é o caminho. Espero que gostem das informações e que sejam muito úteis a vocês, como com certeza será para mim.


FOCO NA ALIMENTAÇÃO
Conheça os alimentos e os hábitos que ajudam a aumentar a concentração e o bem estar.
Tantos alimentos quanto o seu comportamento em relação a eles influencia no estado meditativo, você sabia?
O motivo é o fato da comida se relacionar com a nutrição – ou não – do corpo. Por isso que, quanto mais natural, melhor! “Uma alimentação saudável é essencial para que haja melhora na comunicação entre os neurônios, concentração, foco e adequada secreção de hormônios para a saúde mental”, completa a nutricionista Christiane Bergamasco. Outro assunto a destacar é a forma como preparamos e comemos o alimento, já que a pressa e a desvalorização também afetam a mente e nos priva do prazer de saborear. Confira, a seguir, que cuidar da alimentação, também é uma forma de atentar-se ao presente!
·         Maracujá
É rico em fibras e substâncias antioxidantes, além de propriedades calmantes. “O maracujá oferece grandes quantidades de fibras solúveis em sua casca, flavonoides, carotenóides, minerais e vitaminas A e C”, salienta a nutricionista Cassiana Domingues.
·         Banana
“As frutas, em geral, são ricas em antioxidantes, mas o destaque é para a banana que é rica em triptofano, aminoácido precursor da serotonina, neurotransmissor que garante sensação de bem estar”, conta a nutricionista Gabriela Fregolente. Ela também é rica em carboidratos, potássio, ferro, fibras e vitaminas B e C.
·         Maçã
Sua casca é fonte de fibras, principalmente da chamada pectina, que auxilia na excreção de ácidos biliares, reduzindo o colesterol ruim. Também tem ação antiácida, capaz de eliminar líquidos em excesso no corpo e que causam inchaço.
·         Frutas Vermelhas
Em geral, são ricas em antocianinas, substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias, que combatem o envelhecimento precoce e, em decorrência disso, evitam doenças. As frutas ainda possuem ácido elágico, que previnem alterações celulares que levam ao câncer. O consumo regular ainda protege os olhos, os neurônios e o sistema circulatório.
Fazem parte desse grupo o morango e a goji berry, por exemplo.
·         Ervas Calmantes
Camomila – a flor atua contra ansiedade e reduz o desejo por doces e carboidratos (vilões da saúde, quando consumidos em excesso). Contribui para o bem estar, pois favorece a digestão e reduz a formação de gases, além de combater azia e gastrite. Quem tem pressão baixa, deve consumir com moderação.
Melissa – por ser um poderoso calmante, combate insônia, tensões nervosas e ansiedades. Contribui na dieta por controlar o apetite. Auxilia no tratamento da enxaqueca e em febres e resfriados. É contra indicada na gravidez e nos causas de baixa atividade da tireóide e glaucoma.
·         Azeite
Praticamente todo azeite (99%) é composto por triglicerídeos, elementos constituídos por molécula de glicerol e 3 moléculas de ácidos graxos, gorduras benéficas ao corpo. No grupo dos ácidos graxos, se enquadram os ômegas 3, 6 e 9. O primeiro deles, por sinal, é o que está mais presente no azeite. “Por ser uma gordura de boa qualidade, irá auxiliar na formação de células nervosa saudáveis, além de desempenhar importante atividade antioxidante, o que irá prevenir a degeneração dessas células no cérebro, contribuindo então para a manutenção do sistema nervoso saudável”, explica a nutricionista Suzana Machado.
·         Laranja
A vitamina C é apenas um detalhe que a fruta pode oferecer. Quando consumida com bagaço, ela é rica em fibras, substâncias que auxiliam na saúde do trato digestivo e no controle da glicemia e do colesterol. Também possui cálcio, magnésio, potássio, betacaroteno e algumas vitaminas do complexo B. “Esses nutrientes estão relacionados com uma boa saúde óssea, auxiliam na contração e relaxamento muscular e agem como antioxidante, prevenindo danos nas células do organismo”, destaca a nutricionista Barbara Rescalle Sanches.
·         Couve
Ela é famosa nas dietas e não é para menos: excelente fonte de substâncias que contribuem para eliminar as toxinas do corpo, ajuda na digestão, protege as mucosas do estômago e auxilia no tratamento de úlceras e gastrites. Ainda possui alta concentração de cálcio, ferro e vitamina C.
·         Alface
A folha já é conhecida das saladas, mas pouco se sabe sobre seu efeito calmante. Isso se deve ao elemento chamado lactucina, presente em grande quantidade no talo. Também possui magnésio em boas quantidades, que ajuda a relaxar a musculatura e ameniza os efeitos do stress. “A alface é considerada calmante e sedativa, pois seu talo contém um látex rico em lactucina, um anestésico e sonífero”, detalha a nutricionista Luana Vasconcelos.
·         Oleaginosas
Nozes, sementes, amêndoas e castanhas são exemplos de representantes desse grupo. Elas são fontes de gordura boa, essenciais para o organismo. Ainda são ideais para frear o desenvolvimento do diabete tipo 2, pois possui baixo índice glicêmico, alto teor de fibras e mangnésio.
·         Cereais Integrais
Arroz integral, aveia, centeio, trigo, milho, quinoa e amaranto são alimentos que contém boa fonte de carboidrato. Os grãos possuem farelo, endosperma e gérmen: o primeiro corresponde à casca; o segundo é o que preenche o grão, já o último é a parte que contém mais nutrientes, pois é a região que nasce a planta. Por isso, para que esses elementos não sejam perdidos, é importante que sejam incluídas no cardápio versões integrais em vez de refinadas (que trazem apenas o endosperma e excluem o restante). Esses alimentos fornecem grande quantidade de fibras e, por serem fontes de carboidrato, são responsáveis por dar mais energia ao organismo. Ainda contém vitaminas do complexo B e ômega 3, para dar uma dose extra de disposição. O consumo ideal é de, ao menos, 48 gramas de cereais integrais por dia, uma vez que, em excesso, ele se transforma em gordura.
·         Leguminosas
Fazem parte desse grupo grãos e vagens como lentilha, grão de bico, ervilha e soja. Para os vegetarianos são um prato cheio de proteínas, sendo também ricas em ferro, magnésio e vitaminas do complexo B. Também auxiliam no ganho de massa magra.

Fonte - Revista O poder da Meditação



 Exibindo 20170607_212314.jpg