segunda-feira, 7 de maio de 2018

Submergir para emergir by Ana Yuan









Submergir para emergir

Tinha essa frase presa no meu mural, mas nunca fez tanto sentido para mim quando naquele domingo dia 6/5/2018 durante o banho.

Foi uma espécie de catarse, onde você consegue se libertar dos medos, das críticas, as mágoas tudo que estava guardado em seu interior, e vem aquela sensação de liberdade, leveza.
Sabe quando você está num meio de  um processo interior, que você sabe as atitudes, o caminho que deve ir, mas algo te paralisa.

Quando você tem bastante informação sobre si, e quer fazer todas as mudanças possíveis num só momento e é claro que não dá e você se frusta e se culpa e vem o processo de auto sabotagem.
Nas últimas semanas vivi intensamente isso, meu corpo gritava essa luta.

É como se o universo te testasse, você quer mudar mesmo? Vamos ver....
E num domingo a tarde comecei com minha dor de cabeça, e falei hoje vou reverter antes de dormir, pois estava me gerando noites sem dormir o dia que ela aparecia.

Tomei o remédio mais cedo, não esperei ela ir no topo , ingeri muita água ( coisa que ainda tenho dificuldade), dei um tempo para fazer efeito. Comecei a trabalhar minha respiração, fiz alguns exercícios de yoga  ( sei muito pouca ainda, mas quero aprender mais e mais).

Depois de um tempo fui  tomar banho, escutei música. Prestei atenção no momento presente, ao barulho da água, fui mentalizando que a água estava levando as impurezas, dores e medos e que eu estava ali naquele momento me renovando.

E que me daria de presente de aniversário( 15/05) a minha libertação...... libertação de mim mesma, das minhas vozes internas, das minhas amarras, da comparação e do julgamento.
Sei que não sou perfeita, e dou graças a deus por isso, ainda vou cair, ter dúvidas, mas sei que foi um momento muito especial.

Estou aprendendo a praticar o perdão e a aceitação. Muitas coisas que nos atrapalham podemos mudar e outras não. Então é de suma importância entender e pratica a aceitação, nem sempre ter razão é  sinal  de ganho.
Deixar o passado para trás e agradecer por ele, pois através dele é que sou hoje. Então o que passou , passou.

Bem é isso que deu vontade de compartilhar com  vocês .
Optei por me presentear com novas possibilidades, aceitação, uma pitada de ousadia, de exposição, pois adoro escrever, compartilhar coisas, aprender e ajudar.

Vou postar mais sobre essa minha fase de descobertas como  mulher , como uma mãe vivendo o segundo parto, a pré adolescência da filha e a terceira da idade da mãe.
Então a lição é submergir para emergir. E como é necessário esse mergulho profundo. Boa semana a todos


sábado, 21 de abril de 2018

Solidão x Solitude














Lembram do projeto 1 palavra por semana, que consiste em ensinar palavras novas a seus filho, vejam aqui
Aí vai mais uma das palavras ensinadas a minha filha.
A dessa semana é SOLITUDE. Li essa palavra numa reportagem e fui atrás do seu significado.
Solitude – “pleno contato consigo mesmo, não há necessidade de estar e, outras companhias, e não existe solidão por isso.”
Está palavra tem o significado bem diferente de SOLIDÃO.
SOLITUDE – “ a glória de estar sozinho” , “liberdade “ ,” oportunidade
SOLIDÃO – “o ato de está só”,” a dor de estar sozinho”.
Da para entender nitidamente a diferença entre as palavras não é mesmo.
Devemos praticar a solitude, estar bem com nós mesmas, com a nossa própria companhia, isso remete a auto conhecimento e auto estima. Quando nós nos bastamos, não precisamos necessariamente estar do lado de alguém para estar bem e feliz. Companhias são sempre bem vindas, mas não  tiver tudo bem.
Já na solidão, há a necessidade de se estar com alguém, para completar, preencher um vazio, um medo de estar só.. Há um incômodo de estar só.
Falo sempre para minha filha, como é bom e importante a nossa própria companhia, o prazer de estar só, a liberdade de pensamento, a importância do silêncio.
Estar sozinha não remete estar abandonada, e sim uma opção de estar ali.
Muitas pessoas não saem sozinha, não vão em restaurantes sozinhas, reclamam se ficam  sozinha em casa, pois acham chato e triste.
O bom é achar um equilíbrio entre estar sozinha e com amigos.
Mas sempre lembre que você será sempre sua melhor companhia.

segunda-feira, 9 de abril de 2018

O olhar by Ana Yuan















O olhar

No início tudo era gigante, mágico, com muros me protegendo.
Nas voltas do mundo, fui crescendo, e meu olhar mudou.

O que era gigante, passou a ser do tamanho normal, o mágico passou a ser real,
Os muros passaram a ser invisíveis, e um horizonte novo surgiu a minha frente.
E agora? Posso ir adiante?

Lembro da brincadeira .... mamãe posso ir? Quantos passos?
Ensaiar dar os passos sozinhos sem a contagem dos pais, é ao mesmo tempo libertador e ameaçador.

Novos sentimentos surgem. Da onde vieram? São avassaladores aos nossos olhos.
A ingenuidade se perde um pouco. Nem todos são bons. Existe maldade no mundo.
Meus pais não são super heróis que pensei.

Ainda tenho direito a colo? Mas não queria mais o colo de criança.
Será que existe colo para todas as fases?
Quero crescer, mas dá medo. Posso ficar aqui com você?
Dá para voltar para a barriga?

Nossa as vezes dá um nó na garganta e vontade de chorar mãe. Você já sentiu isso?
Não entendo o porquê das coisas, só sinto..... Me ajuda?

Escrevi o texto acima, baseado nos sentimentos e conversas com minha filha de 11 anos.
Esse início das descobertas é um tanto conflituoso, ao mesmo tempo é muito bom e muito complicado.

Minha amada filha conte sempre comigo para ser seu porto seguro, seu colo, seu amor.
Aprendo tanto com você, aprendo a ser eu, aprendo a ser você. Volto ao meu início e recomeço.

Tão rico passar essa fase com você. Não sei se estou fazendo o certo. Só sei que estou fazendo o meu melhor. Tudo é novidade para mim , são épocas e criações diferentes.
Estou lhe dando o que sei, e o que não sei estou buscando, pois aprender nunca é demais.

Antes tarde do que nunca.

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Filme - Uma dobra no tempo





Resultado de imagem para uma dobra no tempo






Semana passada fui com minha filhar ver o filme Uma dobra no tempo, da Disney.

Sinopse

Meg Murry e seu irmãozinho, Charles Wallace, ficaram sem o seu pai cientista, o Sr. Murry, há cinco anos, desde que ele descobriu um novo planeta e usou o conceito conhecido como um tesseract para viajar para lá. Aliado do colega de classe de Meg, Calvin O'Keefe, e guiado pelos três misteriosos viajantes astrais conhecidos como Sra. Whatsit, Sra. Who e Mrs. Which, as crianças iniciam uma perigosa jornada para um planeta que possui todo o mal no universo.


Um filme que une fantasia e ficção científica.

O que mais me chamou atenção no filme foram as mensagens dele, muito profundas e reflexivas, o mundo está precisando de mais amor.

Aliás no filme o amor é a chave para tudo acontecer. Tudo está dentro de nós, a nossa força reside dentro e não fora.

Somos o que emanamos para o universo.

O universo é complexo, poderoso e infinito. Lidamos com a luz e escuridão o tempo todo.
O filme aborda a épica batalha do bem contra o mal, e ressalta vários sentimentos que  rondam o nosso cotidiano, tais como a vaidade, soberba, inveja, fraqueza, aceitação....
Mas sempre a ênfase no AMOR, que é a chave para a mudança, para a superação, é a mola propulsora.

E por mais que pareça piegas falar do amor, nunca o mundo esteve com tanta falta dele, e temos que reforçar na nossa vida, aos nossos filhos, que o amor é a base de tudo.
Através dele superamos, aprendemos, temos força, mudamos....

Saí do filme e falei que filme mais irreal e real ao  mesmo tempo, pois envolvia tanto a fantasia, como a ficção e ao mesmo tempo trazia as mensagens certas para a época que estamos vivendo.

sábado, 31 de março de 2018

Coelhinho da páscoa













Páscoa 2018

Esse ano é o primeiro ano que não terá pegadas do coelho aqui em casa.
Sim... ela acreditava no coelho da páscoa até pouco tempo  atrás. Aí quando  o mito do papai noel caiu, os outros mitos começam a cair também.
Mas sempre reforço a ela, que a magia permanece para sempre em nossos corações, e isto é o mais importante.
E esse ano ela teve a oportunidade de praticar o espírito da páscoa, da partilha. Foi coelhinha  de muitas crianças, participando de um projeto da escola, de ação solidária onde visitou uma creche para distribuir chocolates para as  crianças. Maior magia não existe, de fazer bem e levar alegria a outras pessoas.
Foi bom enquanto durou a fantasia do coelhinho, ela curtiu muito e por muito tempo. Porém o coelhinho vai morar sempre na nossa mente e coração e sempre recordaremos as boas lembranças que tivemos com ele, e com certeza a partir de agora de uma forma mais madura tenho certeza que muitas outras lembranças com ele ainda virão.

Boa páscoa a todos!

quinta-feira, 29 de março de 2018

Receitas para Páscoa 2018 - parte 2



Páscoa sempre nos remete a chocolate. As crianças amam e nós adultos também não é mesmo?
Seguem receitas deliciosas de chocolate para curtir  nesse feriado com a família e amigos.
É bom adoçar a vida. Feliz Páscoa a todos! Cheio de amor, família e renovação!











TORTA DE COOKIES
Pronto em: 1 h
Rendimento: 8 fatias
Calorias por fatia: 502

Ingredientes
·         200 g de manteiga em temperatura ambiente
·         ½ xícara (chá) de açúcar
·         1 ½ xícara (chá) de açúcar mascavo
·         2 ovos
·         1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
·         ½ colher (chá) de sal
·         2 1/3 xícaras de chocolate meio amargo picado ou em gotas
·         2 1/3 xícaras de farinha de trigo
·         1 ½ colher (chá) de fermento químico em pó

Preparo
Preaqueça o forno a 170° C. em uma batedeira (se tiver uma planetária, use o batedor raquete), bata a manteiga com os açucares até obter uma mistura clara e fofa. Enquanto a batedeira trabalha, misture numa tigela a farinha, o sal, o fermento e o bicarbonato. Junte os ovos, um a um, ao creme de manteiga, batendo bem para homogeneizar depois de cada adição. Aos poucos, adicione a mistura de farinha à manteiga. Se a massa começar a ficar pesada para a sua batedeira, misture à mão com uma espátula. Por último, incorpore as gotinhas de chocolate, misturando até que estejam bem distribuídas na massa. Pegue uma forma redonda de fundo removível, polvilhe com açúcar de confeiteiro (como o biscoito já leva manteiga, não é necessário untar). Espalhe a massa de biscoito, pressionando com os dedos de maneira que o centro fique mais fino do que as bordas para que no final ela fique com uma altura uniforme. Leve ao forno por cerca de 40 minutos ou até as bordas começarem a dourar e o centro já pareça assado. Retire a torta do forno e deixe esfriar. Experimente servir a sobremesa com sorvete de creme ou chocolate ou acompanhada da sua geleia preferida. Fica uma delícia!










BOLO CROCANTE DE CHOCOLATE
Pronto em: 1 h
Rendimento: 20 fatias
Calorias por fatia: 380

Ingredientes
Massa
·         4 ovos
·         1 xícara (chá) de açúcar
·         1 ½ xícara (chá) de leite quente
·         2 xícaras (chá) de farinha de trigo
·         1 xícara (chá) de chocolate em pó
·         1 colher (sopa) de fermento em pó
Recheio e Cobertura
·         3 gemas
·         1 lata de leite condensado
·         2 medidas (da lata) de leite
·         1 colher (sopa) de amido de milho
·         200 g de chocolate meio amargo
Montagem
2 xícaras (chá) de pé de moleque triturado

Preparo
Massa: numa batedeira, bata os ovos e o açúcar até obter um creme fofo e esbranquiçado. Adicione o leite quente e bata mais um pouco. Desligue a batedeira e acrescente a farinha, o chocolate em pó e o fermento. Misture. Despeje em uma forma redonda untada com manteiga e polvilhada com farinha. Leve ao forno médio, preaquecido por 30 minutos. Corte o bolo ainda morno ao meio e reserve.
Recheio e Cobertura: numa panela, misture as gemas, o leite condensado, o leite e o amido de milho. Leve ao fogo baixo, mexendo até engrossar. Quando estiver bem cremoso, retire do fogo e adicione o chocolate picado. Misture até ficar homogêneo e espere amornar.
Montagem: recheie uma das partes do bolo com uma camada de creme e espalhe metade do pé de moleque. Coloque a outra metade do bolo, espalhe o restante do creme e decore com o restante do pé de moleque.











CESTINHA DE CHOCOLATE
Pronto em: 30 min
Rendimento: 6 cestinhas
Calorias por cestinha: 113

Ingredientes
·         400 g de chocolate meio amargo
·         1 folha de papel-manteiga
·         7 taças individuais
Preparo
Corte o papel em círculos no tamanho suficiente para cobrir 12 tacinhas viradas para baixo. Coloque o círculo de papel-manteiga dentro de uma das taças e coloque outra por cima, para que ele tome a forma da cestinha. Retire o papel e abra-o sobre a superfície de trabalho. Espalhe o chocolate derretido com as costas de uma colher até fazer uma camada média. Transfira o disco de chocolate sobre a taça virada. Repita a operação com os refratários restantes. Leve à geladeira por 15 minutos, aproximadamente, ou até que fiquem firmes. Retire o papel-manteiga delicadamente, para não quebrar a cestinha, e deixe descansar em lugar fresco por uma hora. Sirva com sorvete.


terça-feira, 27 de março de 2018

Receitas para páscoa 2018 parte1


Já estamos na semana santa, tempo de reflexão, de amor, perdão, renascimento. Tempo de estar com a família em volta da mesa celebrando. 
Compartilho aqui 2 receitas incríveis para esta época, para tornar este encontro mais gostoso ainda.

Achei essa mensagem linda de páscoa


Páscoa é renascimento, é passagem,
É mudança e transformação,
É ser de novo um mesmo ser
Que recomeça pela própria libertação.
Fica para trás uma vida cheia de poeira
E começa agora um novo caminhar
Cheio de luz, de fortalecimento,
Esperanças renovadas.
Um arco-íris rasga o céu e parece 
Balbuciar que Jesus ressurgiu para nos 
Provar que o amor incondicional existe, 
Assim como a vida eterna.


Fonte https://www.mundodasmensagens.com/mensagem/comemorativa-feliz-pascoa.html











Bacalhau a Natas

Ingredientes  
4 postas de bacalhau (ou 1 Kg de bacalhau em lascas)
1 Kg de batata inglesa
100 ml de azeite
2 cebolas médias
3 dentes de alho
½ xícara de cebolinha verde em rodelas finas
½ xícara de salsinha bem picadinha
2 colheres de sopa de farinha de trigo
2 colheres de sopa de manteiga
250 ml de leite
250 ml de natas (pode substituir por creme de leite fresco )
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Noz-moscada a gosto
½ xícara de farinha de pão
½ xícara de queijo parmesão

Modo de preparo
Coloque ½ litro de água para ferver e cozinhe o bacalhau por 3 minutos. Guarde 100 ml de água do cozimento. Retire a pele e as espinhas e parta-o em lascas pequenas. Reserve.
Descasque e corte as batatas em cubinhos pequenos. Frite-as em óleo quente, sem deixar alourar. Escorra-as bem e coloque-as sobre folhas de papel absorvente para tirar o excesso de gordura. Tempere-as com sal e reserve.










Pescada à Parmegiana

Ingredientes
6 filés de pescada
1 xícara (chá) de farinha de trigo
2 ovos batidos
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 ovos batidos
2 xícaras (chá) de farinha de rosca
2 xícaras (chá) de queijo mussarela ralado grosso
1 tomate cortado em rodelas
Pimenta-do-reino a gosto
Orégano fresco a gosto
Salsa (ou salsinha) picada a gosto
Suco de limão a gosto
Sal a gosto

Modo de preparo
Tempere a pescada com o sal a gosto e o suco de limão. Passe na farinha de trigo, no ovo e na farinha de rosca. Frite em óleo bem quente até dourar dos dois lados.
Arrume os filés em um refratário.
Em cima de cada filé, disponha a mussarela e o tomate e polvilhe sal, pimenta, orégano e salsa.
Leve ao forno bem alto, preaquecido, a 300° C, até derreter a mussarela. Sirva em seguida.